Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Prefeitura de Pato Branco entrega tablets para a Educação Inclusiva

Equipamento tem o objetivo de ajudar no processo de aprendizagem dos alunos

A Prefeitura de Pato Branco, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC), realizou, na quarta-feira (16), no Centro Cultural do Sesi, a entrega de 40 tablets, com 20 aplicativos pedagógicos de alfabetização, para professoras da Rede Municipal de Educação. A ferramenta será utilizada nas escolas que possuem Salas de Recursos Multifuncionais, atendendo alunos do 1º ao 5º ano, da Educação Inclusiva e/ou que apresentam defasagem de aprendizado.

Os tablets, adquiridos com recursos do Município, têm o objetivo de ajudar no processo de alfabetização, despertando nesses alunos, através do meio digital, a vontade de aprender. Os aplicativos foram selecionados pela equipe de Mídias, da SMEC, e possuem diversos componentes curriculares, visuais e sonoros, que colaborarão para o processo de aprendizagem. Com o recurso tecnológico, os estudantes poderão desenvolver o raciocínio lógico, a criatividade, melhorar a capacidade de memória, aprender sobre a matemática básica, o alfabeto, a Língua Brasileira de Sinais (Libras), entre outros assuntos. A ferramenta terá seu uso planejado, onde os professores otimizarão a utilização da mesma.

A coordenadora pedagógica da Inclusão, da SMEC, Daiane Cristina Carneiro, disse que, atualmente, mais de 146 estudantes frequentam as salas de recursos, diagnosticados com alguma deficiência ou transtorno, como Transtorno do Espectro Autista (TEA), Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), Transtorno Opositivo Desafiador (TOD), dislexia e transtornos fonológicos. “Hoje são muitos os mecanismos utilizados para estimular os alunos com defasagem de aprendizado. Sabemos que as crianças são digitais e essa será mais uma importante ferramenta para incluí-las e colaborar, de maneira efetiva, no processo de aprendizagem”, ressaltou.

A secretária municipal de Educação e Cultura, Heloí Aparecida De Carli, comentou que aumentou, nos últimos três anos, o número de crianças que passaram a frequentar a Educação Inclusiva da Rede Municipal. “O nosso foco é a aprendizagem de todas as crianças e nos esforçamos em buscar as mais diversas estratégias, para que esse conhecimento seja construído de maneira eficaz e, assim, os alunos sejam estimulados e sintam-se incluídos em todas as atividades. Se queremos resultados diferentes, precisamos buscar alternativas para fazer diferente e foi isso que fizemos”, salientou.

A coordenadora pedagógica da Escola Municipal do Bairro Planalto (Caic), Deliane Paludo, enfatizou que atualmente 22 estudantes estão com problemas de aprendizagem e que o recurso tecnológico, será um diferencial no ensino. “As crianças estão conectadas ao mundo digital. Assim, além de trazer modernização e ser uma opção diferente das atividades que estão acostumadas a fazer na sala de aula tradicional, o uso dessa ferramenta vai entusiasmá-los, mostrando que podem, sim, aprender. Certamente é mais um ganho importante para a educação”, observou.

Tecnologia nas escolas

A Prefeitura de Pato Branco, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, desenvolve desde 2013, o Programa Clique Conhecimento, em que os alunos dos 4º e 5º anos recebem um tablet como material de apoio para o desenvolvimento das atividades de aprendizagem. Até agora, mais de 9 mil alunos e 380 professores já foram beneficiados com a iniciativa que insere a tecnologia na rotina da sala de aula, envolvendo professores, alunos e as famílias no cotidiano da educação.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Ainda não existem comentários